Serviços

Terapia Familiar.

A Teoria da Terapia familiar está fundamentada no fato de que o homem não é um ser isolado, mas um membro ativo e reativo de grupos sociais.

 O indivíduo é um sistema, que por sua vez é um subsistema de um sistema maior que é a família, que por sua vez é um subsistema de um sistema maior que é a sociedade.

O indivíduo influencia o seu contexto, e é por ele influenciado, este indivíduo que faz parte de uma família, membro de um sistema social, ao qual deve se adaptar. Suas ações são governadas pelas ações do sistema, e estas características incluem os efeitos de suas próprias ações passadas.

O objetivo básico da Terapia Familiar é trabalhar mudanças para uma melhor qualidade de vida, modificando comportamentos e processos psíquicos internos de uma estrutura familiar. É uma terapia voltada para o sistema, no qual o indivíduo está inserido. Neste sentido, terapeuta e família se associam para formar um sistema terapêutico.

Sendo uma terapia de ação, trabalha-se a mudança no funcionamento da dinâmica do sistema familiar, de maneira a intensificar o crescimento psicossocial de cada membro. A família modificada oferece a seus membros novas circunstâncias e novas perspectivas de si mesmos.

BIBLIOGRAFIA

ANDOLFI, Maurizio M. D. A terapia familiar: um enfoque interacional. São Paulo: Tecnicópias, 1996.

CALIL, Vera. Terapia familiar e de casal. São Paulo: Summus, 1987.

GROISMAN, Moisés. Família trama e terapia: responsabilidade repartida. Rio de Janeiro: Objetiva, 1991.

MINUCHIN, Salvador. Famílias funcionamento e tratamento. Porto Alegre: Artes Médicas, 1990.

SATIR, Virgínia. Terapia do grupo familiar. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1993.

Artigo publicado em: 27/08/2012 às 09:42